Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Como se mede o tempo?

Imagem
Ano Juliano
Um ano tem a duração exata de 365,25 dias, numerados seqüencialmente a partir do início do período Juliano. Nos anos bissextos, tem 366 dias de duração, nos outros, o ano tem 365 dias.
Ano Sabático
O ano sabático acontecia a cada sete anos e era o ano de descanso para os judeus. Foi calculado do ano 1451 a.C. até 70 d.C., época em que o estado de Israel foi destruído pelo general romano Tito.
Ano do Mundo
O número do ano desde a criação em 23 de outubro de 4004 a.C., de acordo com Ussher (Essa data é o dia do primeiro domingo após o equinócio de outono naquele ano.). Note que o ano do mundo pula dois anos julianos, aproximadamente três meses de um ano e os nove meses seguintes do ano juliano seguinte.
Calendário
Este calendário calcula datas entre 1 de janeiro de 4713 aC e 28 de fevereiro de 2100 dC. Foi adicionado para verificar e corrigir quaisquer erros nos cálculos de Ussher.
Ao especificar:
O calendário calculará:
Data do calendário
Dia da semana
Dia juliano
Números de ciclos…

Ensinamento acerca da vida e da morte

Imagem
iPhoneMensagensSlides

Quando estava à beira da morte, Alexandre, "O Grande", convocou os seus generais e relatou seus 3 últimos desejos: 1. Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos mais eminentes médicos da época; 2. Que fossem espalhados no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...); e 3. Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos. Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou: 1. Quero que os mais eminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte; 2. Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem; 3. Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.