terça-feira, 17 de agosto de 2010

Drogas e Seus Males.

 

Droga é uma droga:

Sai dessa furada, não use drogas em hipótese nenhuma, droga mata.Se droga fosse bom teria um outro nome.

A Bíblia nos alerta que devamos abandonar os vícios e suas mazelas, observe:

Jeremias 3:2  Olhe para o alto dos montes e veja: será que existe algum lugar onde você não agiu como prostituta? Você ficava na beira da estrada esperando os fregueses, como um árabe que espera no deserto para assaltar alguém. Você manchou a terra de Israel com a sua prostituição e os seus vícios.
Romanos 1:29  Estão cheios de todo tipo de perversidade, maldade, ganância, vícios, ciúmes, crimes de morte, brigas, mentiras e malícia. Caluniam
Efésios 4:19  Eles perderam toda a vergonha e se entregaram totalmente aos vícios; eles não têm nenhum controle e fazem todo tipo de coisas indecentes.

1-Uso de drogas e performance do atleta, em especial Maradona:  

A cocaína antes dos jogos, incrementa a performace do atleta psicologicamente falando, pois cria no jogador uma sensação de bem estar e de super poderes aumentando assim a coragem e disposição dentro de campo. Em Abril de 1991, Maradona então jogador do Napoli, foi flagrado no exame antidoping e suspenso por 15 meses pela Federação Italiana.Utilizava também, efedrina, fenilpropanolamina, pseudoefedrina, norpseudoefedrina e metaefredina, estimulantes que aumentam o desempenho físico do atleta, promovendo a melhora nos reflexos, diminuição da sensação de fadiga e aumenta os reflexos e a força. Com isso, foi expulso da Copa de 94 e desde então, jamais outro jogador foi pego no exame anti- dopping. Assim sendo, fatos como estes, levam alguns especialistas e críticos a diminuírem os feitos de Maradona dentro de campo, visto que o mesmo actuava em circunstancias diferentes dos demais por utilização de substancias proibidas.

Outro caso notório e vergonhoso, foi no jogo da Copa do Mundo de 1990 que terminou 1X0 para a Argentina, onde a a Selecção Argentina preparou agua com sonífero para dar aos jogadores brasileiros. O jogador Branco passou a ser alvo de chacota de Maradona num programa de televisão que ele fazia "La Noche del Diez"que passou a imitar um bêbado em alusão a esse jogador que tomou sem saber da agua baptizada.
Em 2000, inicia um tratamento contra as drogas em Cuba, após ser internado depois de tomar um coquetel de remédios em Punta Del Este, no Uruguai, e quase morrer. Na ilha, se enfurece com fotógrafos locais, agride-os e quebra o vidro de um carro com um soco, rendendo-lhe novo processo. Esteve próximo da morte novamente em 2000 em Setembro, quando destrói sua caminhonete ao chocar-se com um ônibus em Havana, escapando ileso por milagre. Em Outubro é contratado para manager do Almagro, mas jamais assume o cargo.

Em Abril de 2004, fica novamente a ponto de morrer. Passa mal após assistir um Boca Juniors x Nueva Chicago na Bombonera e é internado com problemas cardíacos infecção pulmonar na Clínica Suíço-Argentina, em Bueno Aires, constatando-se overdose de cocaína.


2-O que é a Droga:
Droga (do francês drogue, provavelmente do neerlandês droog, "seco, coisa seca"), narcótico, entorpecente ou estupefaciente são termos que denominam substâncias químicas que produzem alterações dos sentidos.
Droga, em seu sentido original, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina. Contudo, há um uso corrente mais restritivo do termo (surgido após quase um século de repressão ao uso de certas substâncias), remetendo a qualquer produto alucinógeno (ácido lisérgico, mescalina etc.) que leve à dependência química e, por extensão, a qualquer substância ou produto tóxico (tal como o fumo, álcool etc.) de uso excessivo, sendo um sinonimo assim para entorpecentes.


3- Conceito: 
Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas, de animais e de alguns minerais. Exemplo a cafeína (do café), a nicotina (presente no tabaco), o ópio (na papoula) e o THC tetrahidrocanabiol (da cannabis). As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório, exigindo para isso técnicas especiais. O termo droga, presta-se a várias interpretações, mas ao senso comum é uma substância proibida, de uso ilegal e nocivo ao indivíduo, modificando-lhe as funções, as sensações, o humor e o comportamento. Do ponto de vista jurídico, segundo prescreve o parágrafo único do art. 1.º da Lei n.º 11.343, de 23 de Agosto de 2006 (Lei de Drogas): "Para fins desta Lei, consideram-se como drogas as substâncias ou produtos capazes de causar dependência, assim especificados em lei ou relacionados em listas actualizadas periodicamente pelo Poder Executivo da União". Isto significa dizer que as normas penais que tratam do usuário, do dependente e do traficante são consideradas normas penais em branco. Actualmente, no Brasil, são consideradas drogas todos os produtos e substâncias listados na Portaria n.º SVS/MS 344/98.
As drogas estão classificadas em três categorias: as estimulantes, os depressores e os perturbadores das actividades mentais. O termo droga envolve os analgésicos, estimulantes, alucinógicos, tranquilizantes e barbitúricos, além do álcool e substâncias voláteis. As psicotrópicas, são as drogas que tem tropismo e afetam o Sistema nervoso central, modificando as actividades psíquicas e o comportamento. Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas:por injecção, por inalação, via oral ou injecção. 
4-tipo de droga:  
  • Depressivas - diminuem a actividade cerebral e podem dificultar o processamento das mensagens que são enviadas ao cérebro. Exemplos: álcool, barbitúricos, maconha, diluentes, cloreto de etilalança perfume, ópio, morfina, heroína, e inalantes em geral (cola de sapateiro e etc). 
  • Psicotrópticas ou estimulantes - produzem aumento da atividade pulmonar, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos activados. Exemplos:cocaína, crack, cafeína, teobromina(presentes em chocolates) metanfetamina, anfetaminas (bolinha, arrebite), etc.

Quanto à forma de produção do indivíduo no comportamento cerebral podendo atrapalhar o processamento ou não, classificam-se como:
  • Naturais
  • Semi-sintéticas
  • Sintéticas

Quero escrever um pouco sobre, álcool, maconha, cocaína e crack.

Álcool: 

A bebida alcoólica pode ser considerada como a droga mais vendida no planeta, e o alcoolismo, dela decorrente, é um sério problema de saúde pública mundial.Foi comprovado que o consumo moderado de álcool está associado a um maior risco de doença de Alzheimer e outras doenças senis, angina de peito, fracturas e osteoporose, diabetes, úlcera duoldenal,cálculo biliar, hepatite A, linfomas, pedras nos rins, síndrome metabólica, câncer no pâncreas e gastrite. O consumo moderado também pode dificultar a memória e o aprendizado, e até piora a pontuação em testes de QI.

Maconha:
A cânabis produz efeitos psicoativos e fisiológicos quando consumida. A quantidade mínima de THC para poder notar-se um efeito perceptível é de cerca de 10 microgramas por quilo de peso corporal. Para além de uma mudança na percepção subjectiva, as mais comuns de curto prazo são efeitos físicos e neurológicos, que incluem aumento da frequência cardíaca, diminuição da pressão do sangue, diminuição da coordenação psicomotora, e perda de memória. Efeitos a longo prazo são menos claros.
Alguns estudos associam o uso prolongado da Cannabis com o desenvolvimento de canceres pois sua fumaça possui de 50% a 70% a mais de hidrocarbonos cancerígenos que o tabaco. Os cânceres mais citados em estudos são os que afectam o respiratório e o sistema reprodutor.

 Cocaina: 
Muitos efeitos devem-se à estimulação dos sistemas simpático e dopaminérgicos diretamente. A cocaína causa danos cerebrais microscópicos significativos com cada dose. Com o início do consumo regular os danos tornam-se irreversíveis.
Os seus efeitos imediatos duram de 30 a 40 minutos. Entre os efeitos descritos da droga no sistema nervoso central estão:
(i) efeitos psicológicos: euforia, sensação de poder, ausência de medo, ansiedade, agressividade, excitação física, mental e sexual, anorexia (perda do apetite), insônias, delírios.
(ii) efeitos no organismos: taquicardia, aumento na frequência dos batimentos cardíacos (sensação do coração bater mais rápido e mais forte contra o peito), hipertensão arterial, vasoconstrição, urgência de urinação, tremores, midríase (dilatação da pupila), hiperglicemia, suor e salivação intensa e com textura grossa, dentes anestesiados.

Crack:
Crack é uma doga feita a partir da mistura de cocaina com bicarbonato de sódio geralmente fumada. É uma forma impura de cocaína e não um sub-produto. 
O crack eleva a temperatura do corpo, podendo causar no dependente um acidente vascular cerebral. A droga também causa destruição de neurônios e provoca a degeneração dos músculos do corpo (rabdómiolese), o que dá aquela aparência característica (esquelética) ao indivíduo: ossos da face salientes, braços e pernas finos e costelas aparentes. O crack inibe a fome, de maneira que os usuários só se alimentam quando não estão sob seu efeito narcótico. Outro efeito da droga é o excesso de horas sem dormir, e tudo isso pode deixar o dependente facilmente doente.
 A maioria das pessoas que consome bebidas alcoólicas não se torna alcoólatra. Isso também é válido para outras drogas. No caso do crack, com apenas três ou quatro doses, às vezes até na primeira, o usuário se torna completamente viciado

5-Uso de drogas: 

É comum distinguir o abuso do uso de drogas de seu consumo normal. Esta classificação refere-se à quantidade e periodicidade em que ela é usada. Outra classificação, se refere ao uso das drogas em desvio de seu uso habitual, como por exemplo o uso de cola, gasolina, benzina, éter, lóló, dentre outras substâncias químicas. Os usuários podem ser classificados em: experimentador, usuário ocasional, habitual e dependente.

6-Motivos associados ao uso: 

Os motivos que normalmente levam alguém a provar ou a usar ocasionalmente drogas incluem:

  • Problemas pessoais e sociais;
  • Influência de amigos, traficantes assim como da sociedade e publicidade de fabricantes de drogas lícitas;
  • Sensação imediata de prazer que produzem;
  • A facilidade de acesso e obtenção;
  • Desejo ou impressão de que elas podem resolver todos os problemas, ou aliviar as ansiedades;
  • Fuga;
  • Estimular;
  • Acalmar;
  • Ficar acordado ou dormir profundamente;
  • Tentar parecer fixe;
  • Emagrecer ou engordar;
  • Esquecer ou memorizar algo;
  • Fugir ou enfrentar;
  • Inebriar;
  • Inspirar;
  • Fortalecer;
  • Aliviar dores, tensões, angústias, depressões;
  • Aguentar situações difíceis, privações e carências;
  • Encontrar novas sensações, novas satisfações;
  • Força do hábito;
  • Muitas das vezes revolta dos filhos contra os pais.
  • Sentimento de Poder e sentir-se acima dos outros.
Postar um comentário

Postagem em destaque

Cerimônia Fúnebre: Funeral

Todo Pastor, Presbítero ou Dirigente de congregação deve estar pronto para realizar um cerimonial fúnebre, ( funeral ), é uma oportunidade p...