segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

protest

In these last days in which part of the world population has questioned what is right, MORAL TRUTH and I remembered some sexual practices that today are still not acceptable , but make no mistake or not be alarmed if you live a few more decades and see groups of people leaving the streets to demand the right to commit such acts , as they exist and many people only have SEX with pleasure being done this way .
zoophilia :
" Zoophilia is CRIME , but who practices in Brazil receives feathers ' soft ' when it is actually punished ... unfortunately our laws do not punish as they should ... we are crawling when it comes to innocent animals . "

The bestiality is a crime in many countries . In Brazil , the Board examines the Draft Law 3141/12 , Mr Ricardo Izar ( PSD - SP ) , which increases the punishment of those who practice mistreatment of animals when sexual acts are found .

Currently , the Environmental Crimes Act provides for imprisonment from three months to one year and fine for anyone who " performs an act of abuse , mistreatment , injure or mutilate wild , domestic or domesticated , native or exotic animals."
necrophilia :
The Portuguese Criminal Code , Article 226 , paragraph 2 , punishes with imprisonment up to one year and fined those who desecrate corpses , corpses or ashes of deceased persons , practicing offensive acts of the respect due to the dead . Curiously this placement in the plural - corpses - as if the agent were to desecrate more than one deceased person . Simple legislative drafting error . Out this observation holds true for Portugal all that has been said above in relation to Brazilian law .
The Code punishes the act of vilifying , ie , demeaning , profane , disrespect , desecrates the corpse or have similar attitude towards his ashes in the case of incineration or combustion.
adultery:
 Due to the enactment of Law No. 11,106 , of March 28, 2005 , in her art. 5 , the art was repealed . 240 of the Penal Code , where adultery was in - typed , so such conduct ceased to be a crime !

So today , which was already taken into disuse , was decriminalized , occurring phenomenon of ' criminis abolitio ' .

As soon as there remains the betrayed spouse amparo suit for compensation for moral damage that was caused to you.
- I believe in the TRUTH and have a following that MORALLY CORRECT SEX should only be practiced within the SACRED MARRIAGE !

Protesto Nesta Época.


Nestes últimos dias em que parte da população mundial tem questionado  que é CORRETO, VERDADE e MORAL eu lembrei de algumas práticas sexuais que hoje, ainda não são aceitáveis, porém não tenha dúvidas ou não se assuste se você viver mais algumas décadas e ver grupos de pessoas saindo as ruas para reclamar o direito de praticar tais atos, pois os mesmos existem e muitas pessoas só tem prazer com o SEXO sendo feito desta forma.
Zoofilia:
"Zoofilia é CRIME, mas no Brasil quem a pratica recebe penas 'brandas', quando realmente é punido...infelizmente nossas leis não punem como deveriam...estamos engatinhando quando se trata dos inocentes animais." 

A zoofilia é considerada crime em diversos países. No Brasil, a Câmara analisa o Projeto de Lei 3141/12, do deputado Ricardo Izar (PSD-SP), que eleva a punição imposta a quem pratica maus-tratos contra animais quando forem constatados atos sexuais.

Atualmente, a Lei de Crimes Ambientais prevê detenção, de três meses a um ano, e multa para quem "praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos".
Necrofilia:
O Código Penal português, no seu artigo 226, parágrafo 2º, pune com prisão até um ano e multa quem profanar cadáveres, parte de cadáveres ou cinzas de pessoas falecidas, praticando atos ofensivos do respeito devido aos mortos. Curiosa essa colocação no plural - cadáveres - como se o agente devesse profanar mais do que uma pessoa falecida. Simples erro de redação legislativa. Fora essa observação, vale para Portugal tudo o que foi dito acima em relação ao direito brasileiro.
O Código pune o ato de vilipendiar, isto é, aviltar, profanar, desrespeitar, ultrajar o cadáver ou ter atitude idêntica em relação a suas cinzas no caso de incineração ou combustão.
Adultério:
 Em decorrência do advento da Lei nº 11.106, de 28 de março de 2005, em seu art. 5, foi revogado o art. 240 do Código Penal, onde o adultério encontrava-se tipificado, portanto tal conduta deixou de ser crime! 

Sendo assim, hoje em dia, o que já era tido em desuso, foi descriminalizado, ocorrendo o fenômeno da 'abolitio criminis'. 

Tão logo, resta ao cônjuge traído amparo com uma ação de indenização pelo dano moral que lhe fora causado.
- Eu creio na seguinte VERDADE e tenho por CORRETO que MORALMENTE o SEXO só deve ser praticado dentro do SAGRADO MATRIMÔNIO!!!


sábado, 1 de fevereiro de 2014

O Cordeiro de Deus

O significado da Cruz de Cristo
            A morte de Jesus teria sido o fim da história e o fim da promessa, mas foi apenas o início. Na verdade, a crucificação de Jesus de Nazaré é o facto central do Novo Testamento. A expressão “cruz de Cristo” acabou por representar tudo o que está relacionado com a morte violenta que Jesus sofreu por meio do terrível método de execução romano, reservado para escravos e inimigos do estado.
A pior de todas as mortes
            As execuções excruciantes do mundo antigo tinham encontrado a sua pior forma na crucificação. Era referida, pelos historiadores da altura, como a “forma mais infame de morrer”. Já no ministério de Jesus, “tomar a sua cruz” era uma característica do discípulo (Mc 8.34; Mt 10.38; Lc 9.23) e parece indicar a prontidão para seguir a Cristo, nem que isso custe a vida. Para os judeus, ser pendurado no madeiro, era o equivalente a ser maldito (Dt 21.23) e assim também a utilidade da cruz no plano salvador de Deus, pois representava uma inversão da lei e de todos os costumes que tinham sido desenvolvidos em torno dela.
Ver o mundo através da cruz
            A vivência da fé cristã sempre vê, e tem de ver, a existência terrena sob a perspectiva da cruz de Cristo. Os cristãos vivem num mundo de sofrimento e lembram-se de que até os bens que talvez possuam são perecíveis e muitas vezes causam a morte (veja I Co 7.29-31). Ao mesmo tempo, os cristãos vivem cheios de esperança a alegra porque a vitória de Cristo já estava consolidada, mesmo enquanto Ele ainda estava pendurado na Sua cruz de sofrimento.



Postagem em destaque

Cerimônia Fúnebre: Funeral

Todo Pastor, Presbítero ou Dirigente de congregação deve estar pronto para realizar um cerimonial fúnebre, ( funeral ), é uma oportunidade p...